Dia Mundial da Dança: A dança não é só para miúdos


No Lar Margarida Lisboa e na Residência Rainha Santa Isabel, os graúdos têm a oportunidade de participar em aulas de dança todas as semanas, ensinadas por voluntários da Escola de Dança Ginasiano através do projeto MO.V.E.


Que a dança tem diversos benefícios tanto para o corpo como para a mente já é um facto conhecido, mas que esta pode ter influência na prevenção e alívio dos sintomas de doenças neurodegenerativas ainda é uma informação desconhecida para muitos.

O projeto MO.V.E. (Movimento pela Valorização do Envelhecimento) da Escola de Dança Ginasiano uniu-se ao Lar Margarida Lisboa e à Residência Rainha Santa Isabel para promover aulas semanais de dança junto dos nossos utentes, de forma a permitir que estes experimentem os benefícios da dança, como a estimulação do equilíbrio, da flexibilidade, da coordenação, do ritmo, da imaginação ao serviço do movimento, da locomoção graciosa, do controlo motor e da expressão. As aulas integram movimentos da técnica de dança moderna, da técnica de dança clássica e elementos das danças circulares.

Para além de ser uma atividade divertida que ajuda a quebrar a rotina dos nossos utentes, a dança ajuda ainda a prevenir o risco de queda, a melhorar o tempo de reação e o desempenho cognitivo, e a promover uma sensação de bem-estar psicológico.

A Dra. Raquel Biltes, animadora do Lar Margarida Lisboa e da Residência Rainha Santa Isabel, afirma que não há dúvidas quanto aos benefícios que esta atividade tem trazido aos utentes: “Nas primeiras sessões eles estavam muito rígidos, muito fixos. Primeiro porque não conheciam as bailarinas, e depois porque efetivamente, para além de terem pouca mobilidade, tinham também muita resistência ao desporto ou ao exercício físico. Mas agora há uma melhoria do estado geral bastante significativa.”

Também a Dra. Leonor Castro, uma das coordenadoras do projeto MO.V.E., vê agora uma grande diferença nos utentes, em comparação com o período de início das aulas, em novembro de 2017. “Temos observado melhorias tanto a nível físico como a nível psicológico. Os utentes do Lar e da Residência que frequentam as aulas do MO.V.E. têm vindo a criar um vínculo forte com as voluntárias responsáveis pelas aulas. A nível físico observamos melhorias na amplitude dos movimentos e coordenação motora, e a nível psicológico observamos melhoria na motivação para fazer as aulas, melhoria na imaginação e criatividade ligada à dança, e vontade de fazer mais. Temos a certeza que durante os próximos meses iremos observar mais melhorias nos utentes”, afirma a Dra. Leonor Castro.

A dança implica sempre uma personalização a quem a pratica, de forma a permitir o maior número de benefícios sem permitir a criação de lesões. Como são as aulas dadas aos nossos utentes, adaptadas às suas capacidades físicas? A Dra. Leonor Castro explica: “Uma aula do MO.V.E. começa sempre em círculo sentados em cadeiras, onde fazemos um aquecimento de todo o corpo. Em seguida fazemos exercícios que trabalham os braços, as pernas, a coordenação motora. Trabalhamos também ritmos, usando os braços e as pernas. De seguida levantamo-nos das cadeiras, usando as costas da cadeira como apoio, e fazemos alguns exercícios que trabalham o equilíbrio, a postura e a coordenação motora, como por exemplo pliés e tendus. De seguida fazemos exercícios pelo espaço, muitas vezes dança-se o tango. As aulas do MO.V.E. terminam sempre em roda de mãos dadas, onde através dos movimentos nos despedimos.”

As aulas de dança continuarão no Lar Margarida Lisboa e na Residência Rainha Santa Isabel, juntamente com muitas outras atividades que são continuamente desenvolvidas para entreter os nossos utentes, desenvolver as suas capacidades físicas e cognitivas e proporcionar-lhes bons momentos de diversão e convívio.

Pode saber mais sobre o Lar Margarida Lisboa e a Residência Rainha Santa Isabel aqui.

Pode saber mais sobre o projeto MO.V.E. aqui.


VOTSFP

Abril 29, 2018




Outras notícias

Conta-me como foi: Sessão de esclarecimento de Nutrição

O Dia Nacional da Luta Contra a Obesidade é hoje, mas no Hospital da VOTSFP a celebração foi feita no dia 17! A nutricionista Dra. Rita Azevedo conduziu uma sessão de esclarecimento extremamente interessante e esclarecedora, que agarrou a atenção dos participantes desde o primeiro minuto! Veja as fotos aqui.

Hoje é Dia Internacional da Família!

Hoje é Dia Internacional da Família, e não podíamos deixar de desejar um excelente dia a todas as famílias portuguesas!

Feliz Dia Internacional do Enfermeiro!

Hoje é dia de agradecer a todos os profissionais de enfermagem por todo o seu trabalho e dedicação

Liturgia da Palavra a 13 de maio

A celebração em honra de Nossa Senhora de Fátima terá lugar na Capela do Hospital da VOTSFP, pelas 10 horas

Em maio, todos os caminhos vão dar a Fátima

Maio é mês de peregrinação para milhares de portugueses, numa tradição que dura já há mais de uma centena de anos. Duas colaboradoras da Ordem de São Francisco, com anos de experiências e histórias de caminhadas a Fátima, contam-nos porque é que o caminho e o sacrifício valem a pena

Sessão de esclarecimento gratuita – Nutrição

No dia 17 de maio vamos antecipar a celebração do Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade com uma sessão de esclarecimento gratuita com a Dra. Rita Azevedo - Nutricionista!

Feliz Dia da Mãe!

A Venerável Ordem Terceira de São Francisco do Porto deseja a todas as mães um dia muito feliz!

A saúde está nas suas mãos

Lavar as mãos é um gesto simples e rápido, mas os seus efeitos podem ser grandiosos: lavar as mãos com sabão impede em 40% a incidência de infeções, como as relacionadas com o estômago, ouvidos, garganta e pele

Dia Mundial da Dança: A dança não é só para miúdos

No Lar Margarida Lisboa e na Residência Rainha Santa Isabel, os graúdos têm a oportunidade de participar em aulas de dança todas as semanas, ensinadas por voluntários da Escola de Dança Ginasiano através do projeto MO.V.E.

Malária: Prevenir é o melhor remédio

No Dia Mundial da Malária, a Dra. Maria João Gonçalves, especialista em Infeciologia e Consulta do Viajante, conta-nos mais sobre a doença, os seus sintomas e as formas de prevenção.

Pequenas mudanças para um dia-a-dia mais ativo

Conheça pequenas alterações que podem fazer uma grande diferença na sua qualidade de vida e trazer múltiplos benefícios para a saúde.

Que direitos tenho enquanto doente internado?

No Dia Europeu dos Direitos dos Doentes fique a saber quais são os seus direitos se estiver numa unidade de internamento.

Dia Mundial da Doença de Parkinson

Neste Dia Mundial venha conhecer melhor a Doença de Parkinson, os seus sintomas e o que pode fazer para conviver melhor com a doença

Dia Mundial da Saúde

No Dia Mundial da Saúde, a nutricionista Dra. Rita Azevedo traz-lhe informação sobre a importância de uma alimentação saudável para a manutenção da qualidade de vida.

A VOTSFP deseja-lhe uma Santa Páscoa

Os votos da Venerável Ordem Terceira de São Francisco do Porto na mais importante celebração católica

Presidentes da República Portuguesa e da República Federal da Alemanha visitam Igreja do Convento de São Francisco do Porto

A Igreja do Convento de São Francisco do Porto recebeu no passado dia 02 a visita do Presidente da República Portuguesa e do Presidente da República Federal da Alemanha.

Estamos mais próximo de si

A Venerável Ordem Terceira de São Francisco do Porto surge com uma nova imagem, mais moderna e aberta à comunidade, que acompanha uma estratégia de maior proximidade aos nossos utentes.

Venerável Ordem Terceira de São Francisco do Porto em suplemento do jornal Público

Artigo sobre a Venerável Ordem Terceira de São Francisco do Porto no suplemento do jornal Público - Perspetivas

Assembleia-Geral Ordinária no dia 22 de março

Consulte aqui a convocatória para a Assembleia-Geral Ordinária de 22 de março